Rádio Educadora
Está Tocando Agora

FERRO VELHO

Com DJ Luidy até as 20:59
NOTÍCIAS

Postado em: 23/07/2022 às 08:35
0 Visualizações

Estudantes podem quitar dívidas do Fies com desconto de até 99%


Foto:

Estudantes que têm dívidas junto ao Fies – Fundo de Financiamento Estudantil terão desconto de até 99% para quitar a pendência. Para conseguir esse abatimento, o interessado deve pagar à vista todo o saldo devedor e ter sido beneficiário do Auxílio Emergencial 2021 ou inscrito no CadÚnico, além de estar com parcelas em atrasos por mais de cinco anos.

A autorização foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União e os alunos podem procurar as agências bancárias para renegociar os empréstimos entre 1º de setembro e 31 de dezembro deste ano.

O governo publicou ainda mais opções para quem está com as parcelas em atraso.

Alunos com parcelas atrasadas há mais de 90 dias, em 30 de dezembro de 2021, terão abatimento total de juros e taxas e redução de 12% do valor principal para pagamento à vista.

Também há a opção de abatimento de todos os encargos e parcelamento em até 150 vezes, desde que a parcela mínima seja de R$ 200, mas sem desconto no valor principal.

O ministro da educação, Victor Godoy afirmou que o Fies hoje oferece em média 100 mil vagas por ano aos estudantes que querem cursar ensino superior, mas não tem dinheiro para bancar a faculdade particular.

Godoy defendeu uma nova politica de financiamento estudantil.

As outras opções de desconto são: Estudantes com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias, em 30 de dezembro de 2021, terão abatimento de 77%, alunos na mesma situação, mas que estejam cadastrados no CadÚnico ou que tenham sido beneficiários do auxílio emergencial no ano passado terão desconto de 92%.

Estudantes que não tem parcela em atraso mas querem se livrar da dívida, terão desconto de 12% no valor que ainda precisa ser pago, apenas à vista.

O Fies é um programa que concede financiamento a estudantes em cursos superiores pagos, com juros zero e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

 

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Compartilhe essa Notícia