Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Giovani Rufino

Interagir com o chat
Recados do programa: Clube 103

Oi amigo manda um alô pra nós Aki na toca . Julião Sueli minha irmã meu cunhado minha filha minhas afilhadas.roda PR nois aí tô bebendo de maís kkkk.falou tamo na escuta.abrçs

Por Sueli Julio em 28/01/2020 às 18:45h
Programa Paradão 103

Opa meu grande amigo, toca Calmon coração de pedra pra todos q estão ouvindo blz, alesandro santa Catarina abraço valeu

Por Alesandro Carlos em 25/01/2020 às 19:21h
Programa Top Bandas 103

boa noite toca a música Dream on - Aerosmith desde ja agradeço. Ronald

Por Luana Oliveira em 22/01/2020 às 20:38h
Programa Hits Memory 103

Eai tiago bao, mando um alo pra nos que domingo quase famos ate no alagado no porto barreiro..kkkk Um abroço ate mais!

Por Lucas Goes em 22/01/2020 às 09:27h
Programa Manhã 103

Oi aqui é o christian de Chopinzinho-pr Toca uma Scorpions Wind ir chance E oferece pra minha namorada Juliane de Chopinzinho-pr

Por Christian De Moraes Piassa em 21/01/2020 às 20:03h
Programa Hits Memory 103

Manda Abraço... estamos na Escuta... Lenocir Ovsiani....

Por Lenocir Ovsiani em 19/01/2020 às 08:52h
Programa Bolicho do Galizé

Boa tarde Audi. Família Zortéa do Porto Barreiro colhendo uva e vendendo na residência, ouvindo a rádio. Grande abraço

Por Dilmar Zortéa em 23/12/2019 às 16:21h
Programa Super Tarde

Boa tarde Manda um abraço pro Noco e pro Leonardo aqui no Salto Grande - Palmital

Por Ricardo Gallo da Rocha em 22/12/2019 às 12:27h
Programa Prosa e Gaitaço

Manda um abraço para nos aqui na Lider ou só fazum aceno que tamos te vendo pela internet SKD

Por Simon Klaczek Dallago em 20/12/2019 às 15:21h
Programa Super Tarde

Manda abraço Tiago , Marcelo Kredens . E um abraço pros vascaínos , tem churras hj

Por Marcelo Kredens em 13/12/2019 às 09:19h
Programa Manhã 103

Show de rádio Parabéns! Paulo Szpunar de Cruz Machado - PR.

Por Paulo Szpunar em 10/12/2019 às 16:23h
Programa Super Tarde

Oii Audi!! Aqui é a Rita, manda um beijo pra minha mãe, a Teresa Hilachuk do Alto São João! Beijos!

Por Rita Hilachuk em 09/12/2019 às 15:10h
Programa Super Tarde

Audi toca a música pra ser feliz Daniel pra ári joce natália sthefany. Tão ouvindo vc n kiosque amorin alimentos Obrigado se for atendido

Por Jucelene Mich em 06/12/2019 às 15:31h
Programa Super Tarde

bom dia sou tiao camargo sou dai dessa cjdade linda mais estou morando em palhoça sc e escuto todos os domingo todos os programa muito bom pesso uma musica bem boa e ofereço para todos os parente que morao ai abraços

Por Tião Camargo em 01/12/2019 às 11:16h
Programa Prosa e Gaitaço

Olá demora muito pra ler os recados que mandei

Por Evandro Mancio em 01/12/2019 às 09:29h
Programa Bolicho do Galizé

Está tocando agora Clube 103

Com Giovani Rufino até às 23:59h

Menu

Brasil - Por dia, 37 crianças são vítimas de intoxicação ou envenenamento

Saúde

Em 17/07/2018 às 08:19 hrs

261 visualizações

Análise feita pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostra que, em média, 37 crianças e adolescentes (até 19 anos) sofrem os efeitos da intoxicação pela exposição inadequada a medicamentos.

(Foto: Ilustração/Reprodução/Agência Brasil)(Foto: Ilustração/Reprodução/Agência Brasil)

Ao longo de 18 anos, foram mais de 245 mil casos de intoxicação, dos quais 240 crianças e adolescentes não sobreviveram.

Números
Segundo o levantamento, de todos os episódios de intoxicação ocorridos no período de quase duas décadas – de 1999 a 2016 -, mais de 130 mil acometeram crianças com idades entre um e quatro anos. O segundo grupo mais atingido vai de 14 a 19 anos (42.614 casos), seguido daqueles que cobrem de cinco a nove anos (32.668 registros) e de 10 a 14 anos (24.282).

No país, com base nos centros de monitoramento, a incidência maior de casos desse tipo tem sido registrada, ao longo do período analisado, nos estados de São Paulo (88.582 ocorrências), Rio Grande do Sul (47.342) e Espírito Santo (16.806).

Em seguida, vêm os estados de Minas Gerais (13.315), e Rio de Janeiro (11.602). Por outro lado, a mortalidade atribuída à intoxicação foi maior na Bahia (36 óbitos); São Paulo (31); Minas Gerais (24); Rio de Janeiro (22); e Rio Grande do Sul (18).

Subestimados
Para especialistas, os dados apurados via Sinitox estão subestimados, pois a rede reúne apenas as informações de 33 Centros de Informação e Assistência Toxicológicos (CIAT) localizados atualmente em 11 estados e no Distrito Federal (DF).

A presidente da SBP, Luciana Silva, alerta que é grande o número de relatos de reações adversas que não são comunicadas às autoridades sanitárias. Segundo ela, há situações em que essas ações são consideradas brandas ou confundem-se com sinais e sintomas de outros problemas de saúde.

“Estamos falando de uma estatística que descobre apenas a ponta iceberg, de um problema de proporções muito maiores, que flerta diariamente com a tragédia”, disse Luciana Silva.

O Sinitox admite que o número de casos de intoxicação e envenenamentos registrados nas estatísticas, envolvendo crianças e adolescentes, tem caído nos últimos anos em decorrência da diminuição da participação dos CIATs no monitoramento.

De acordo com o Departamento Científico de Toxicologia da SBP, a intoxicação pode ocorrer quando as crianças e os adolescentes são submetidos à medicação sem uma prescrição médica ou com base em conselhos de amigos ou outros profissionais da saúde.

“Mesmo com a prescrição médica é preciso ter cuidado, pois as diferenças nas dosagens podem gerar complicações, em especial quando a medida é feita com base em uma colher de sopa, de sobremesa ou de café”, ressaltou a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva.

Fonte: Da Agência Brasil

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Clube 103

Com Giovani Rufino até às 23:59h