Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Programação Educadora

Interagir com o chat
Recados do programa: Musica da 103

Bom dia Tali, mande um abraço para nós do supermercado Baratão do Rio Bonito do Iguaçu.

Por Tatyane Lara em 22/05/2019 às 10:19h
Programa Super Manhã

Bom dia Talli, manda um abraço pro pessoal da coprossel do Rio Bonito do Iguaçu, e por gentileza toca Cem mil do Gustavo Lima, Muito Obrigadoo. Beijão

Por Raphael Nascimento em 17/05/2019 às 11:15h
Programa Super Manhã

Bom dia meu amigo Elizeu, por gentileza toca a moda com os Mirins o tranco da morena Rosa, toamos ligado na 103.9 aqui no Rio Verde Goias, hoje estou assistindo o compadre tomar mate, um grande abraço, Deus abençoe.... At: Adir Martins

Por Adir Santos em 14/05/2019 às 05:01h
Programa Brasil Caboclo

Olá. Aqui é a Bruna. Gostaria de pedir uma música do musical San Francisco quebrei a cara. Um bjo

Por Bruna Danieli em 06/05/2019 às 23:12h
Programa Clube 103

Toca uma música bem gaúcha pra nois de Pato Branco abraço

Por Isac Meira de Lima em 27/04/2019 às 18:04h
Programa Na hora do mate

oi boa tarde sou a zerli de cascave pr mandem um abraço aos meus pais no rio bananas seu dauri alvez e dona maria bonfim que nao perde seu programa eles sao seus fãns

Por Zerli Quadros em 27/04/2019 às 15:38h
Programa Rancho do Zé

mandem um abraço pra minha mae maria bonfim do rio bananas sou a zerli de cascavel

Por Zerli Quadros em 27/04/2019 às 15:33h
Programa Rancho do Zé

mande uma musica pra minha mae a dona maria bonfim la do rio banana que sua fã adora seu programa eu estou asistindo em cascavel pr sou a zerli e pros familiares do rio bananas e compadres

Por Zerli Quadros em 27/04/2019 às 15:28h
Programa Rancho do Zé

oi Antonio, aqui é a Thalita, manda um abraço pra mãe (Dianes) e pra Liane la na loja Cantinho de presentes curtindo a educadora.

Por Thalita Muller em 25/04/2019 às 13:31h
Programa Tarde Sertaneja

Boa tarde, Gislaine aqui de Cascavel -PR toca Teixeirinha - Velho Casarão, por favor quero oferecer para minha Mãe Ivone Siebre que esta passeando por aqui e ouvindo Na Hora do Mate, abraço a todos.

Por Gisaa Siebre em 20/04/2019 às 17:30h
Programa Na hora do mate

Um abraço de Verona a todos meus conterranos, Wilson Moretti.

Por Wilson Moretti em 20/04/2019 às 15:25h
Programa Rancho do Zé

Boa tarde quero ouvir o louvor Aleluia pode ser ?uma feliz Páscoa para todos aí e ou ouvintes estou ouvindo a rádio quero participar do sorteio ???? Dá um oi pra nós

Por Elizana Rodrigues de Lima em 20/04/2019 às 14:26h
Programa Pediu Tocou

Hurrull to ouvindo quero participar do sorteio

Por Elizana Rodrigues de Lima em 20/04/2019 às 14:21h
Programa Pediu Tocou

grave minhas musicas blz gaucha

Por Fabio Andreiv Andreiv em 18/04/2019 às 17:11h
Programa Rancho 103

buenas tamo te vendo

Por Fabio Andreiv Andreiv em 18/04/2019 às 17:06h
Programa Rancho 103

Está tocando agora Musica da 103

Menu

Criança laranjeirense com síndrome rara precisa de cirurgia; conheça sobre a síndrome de Apert

Saúde

Em 22/04/2019 às 15:42 hrs

3930 visualizações

Menina tem nove anos e família pede ajuda no dia a dia para despesas da casa bem como alimentação

Criança laranjeirense com síndrome rara precisa de cirurgia; conheça sobre a síndrome de ApertCriança laranjeirense com síndrome rara precisa de cirurgia; conheça sobre a síndrome de Apert

De dia a pequena Yasmin Gonzaga Menegotto, de nove anos de idade, é uma criança bastante ativa, que gosta de se movimentar pelos quatro cantos da casa e ver desenhos infantis.

Yasmin Gonzaga nasceu com a Síndrome de Apert, mutação genética rara, em que o crânio não se desenvolve normalmente, alterando a estrutura do rosto, além disso, os dedos das mãos e dos pés nascem unidos. Por conta disso, a criança também pode ter problemas de saúde.

O presente que a família de Yasmin quer está longe desde os primeiros anos de idade a familia espera a cirurgia pelo SUS que está marcada para o ano de 2020. A cirurgia para alterações craniofaciais visa à descompressão cirúrgica, o que permitirá o crescimento cerebral normal dela.

O relatório médico da menina destaca a necessidade de intervenção cirúrgica o mais rápido possível na mesma: “A cirurgia em pacientes com Síndrome de Apert devem acontecer aos 6 meses de idade. Cirurgias mais tardias tem um impacto significativo no desenvolvimento neurocognitivo, aquisição da fala e desenvolvimento motor da criança. O paciente deve ser submetido a cirurgia craniana o mais rápido possível”. 

Vem do BPC (Benefício assistencial) e do bolsa familia a fonte de renda do casal, o marido ganha por dia como jardineiro em uma casa em Laranjeiras do Sul. A família mora em uma kitnet.

“Essa cirurgia necessita de uma técnica especializada que e já deveria ter sido feita antes. Infelizmente o sistema único de saúde retarda o tratamento que está marcado para 2020. Minha filha sofre com isso sendo assim todos nós da família sofremos”, disse Jayane Gonzaga, mãe da criança. Ainda de acordo com a mãe de Yasmin na casa há outro caso com a mesma síndrome, o irmão mais velho de Yasmin tem mesma síndrome de Apert.

DOENÇA

A Síndrome de Apert é uma síndrome de origem genética considerada rara (acima de 1 a cada 160 000 nascidos vivos). Há variação nos números da sua incidência, variando de 1 para 300 mil nascidos vivos, dependendo da fonte consultada. Foi descrita pelo médico francês Eugène Apert em 1906, e se caracteriza por um conjunto de anomalias craniofaciais decorrentes da craniossinostose prematura, associadas a sindactilia. Trata-se portanto de uma acrocefalossindactilia.

Dentre as alterações morfológicas encontradas na síndrome de Apert, a principal é a sindactilia complexa (pés e mãos fundidos total ou parcialmente). Outra característica marcante é a presença de acrocefalia, daí ser a síndrome definida como acrocefalossindactilia.

A síndrome é origem genética, e sua causa é uma rara mutação, via de regra em um único gene, o FGFR2, que é responsável pelos fatores de crescimento dos fibroblastos. Os fibroblastos orientam a união dos ossos em um determinado momento de seu desenvolvimento.

Tratamentos:


Clínicos

É fundamental a busca de centros de referência. A síndrome tem um espectro medianamente amplo, podendo variar os graus de comprometimento para cada indivíduo. É também importante o acompanhamento multidisciplinar portadores da síndrome, incluindo fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e psicoterapia, além do apoio dos familiares, da rede de assistência social local, de grupos de ajuda e associações de portadores da síndrome de Apert.

Cirúrgicos

As cirurgias das mãos devem ser feitas entre seis e 24 meses de idade, para melhores resultados de cognição e tátil. Mas via de regra sempre haverá comprometimento motor pela fusão das falanges. Também é prioritária a cirurgia craniana, em diferentes fases da infância. Inicialmente, entre seis e oito meses de idade, é feita a descompressão craniana, com o uso de válvula ou distrator, e a liberação da fusão óssea do crânio. Mais tarde, em geral entre os quatro anos e os 12 anos de idade, é feita a avaliação para cirurgia do terço médio da face, visando não apenas melhorias funcionais do trato respiratório como estéticas. Avalia-se caso a caso a necessidade de outras intervenções cirúrgicas.

Imagens adicionais

Confira os comentários!

Antonia B. Ribeiro

Antonia B. Ribeiro

★★★★★DIA 22.04.19 20:48 h
Por que a demora do SUS atender esta criança? E o irmão já fez? Meu DEUS! por que NÃO foi encaminhada, atendida...
RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Mana Caleffi

Mana Caleffi

★★★★★DIA 22.04.19 20:08 h
Como faço pra ajudar?
RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Já temos 2 comentários. Comente também
Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Musica da 103

Com Programação Educadora até às 23:59h