Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Audi Morais

Interagir com o chat
Recados do programa SUPER TARDE

Boa tarde Audi estamos ligado aqui na Mate Laranjeiras!!

Postado por Ellen Klos em 16/05/2018 às 15:22h
Programa Super Tarde.

Oi boa tarde Audi. Eu e Cléo estamos em Araucária e estamos curtindo seu programa. A Cléo está mandando bjs pra você e a Su. Parabéns pelo programa. ????abraço pra vocês!

Postado por José Ivan Brechmz em 10/05/2018 às 15:26h
Programa Super Tarde.

Boa tarde estou te assistindo, ta gata em Audi. parabens programa lindo estudio maravilhoso.

Postado por Solange Santos em 10/05/2018 às 15:08h
Programa Super Tarde.

oi Audi mandai oi to na escuta aqui na prefeitura de Virmond Mari

Postado por Marilene Pereira de Lima em 04/05/2018 às 15:43h
Programa Super Tarde.

Boa tarde Audi e todo pessoal da radio, quero homenagear meu marido Jocemar dos Santos (conhecido como neguinho) que hoje está comemorando idade nova.. manda um abraço pra ele. Quero homenagear meu primo Vando Moreira dos Santos e Bruna Caleffi dos Santos que hoje comemoram mais um ano de vida. Um grande abraço. Maria Helena. Coloca eles no sorteio do aniversario da semana ^^ se estiverem ainda com a promoção do sorteio nas sextas hehehehe pra comermos o bolo tudooo junro ao som da radiooo educadora a melhor ^^ :D

Postado por Maria Helena em 02/05/2018 às 15:37h
Programa Super Tarde.

Está tocando agora SUPER TARDE

Com Audi Morais até às 16:59h

Menu

Entenda as diferenças entre câncer infantil e adulto

Saúde

Em 10/05/2018 às 11:15 hrs

108 visualizações

Os tipos que acometem as diferentes faixas etárias também não se assemelham

© Pixabay© Pixabay

Atualmente, o câncer representa, no Brasil, a segunda principal causa de morte entre crianças e adolescentes, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), atrás apenas de causas externas, como acidentes e violência. Ainda assim, uma parcela significativa da população não sabe que tanto o diagnóstico quanto o tratamento do câncer infantil são bem diferentes do câncer adulto.

O avanço do câncer infantojuvenil pode se dar de forma bem mais agressiva do que em um adulto, por exemplo, pois as células da criança ainda estão em desenvolvimento. No caso, a divisão celular acontece em velocidade muito maior – por esse motivo, as células do tumor se multiplicam mais rapidamente.

Além disso, o diagnóstico é bem mais complexo. Vivane Sonaglio, oncologista pediátrica e membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE) explica que as crianças apresentam sintomas que, a princípio, parecem de outras doenças comuns, o que dificulta o reconhecimento de um câncer. “Os sinais são muito inespecíficos. É complicado pensar no diagnóstico, pois, normalmente, a criança pode ter febre, ínguas, dor nos membros, dor na barriga e manchas roxas, que são sintomas muito comuns na infância”, comenta.

Para Viviane é preciso estar atento à persistência dos sintomas e eventuais adversidades. “É muito importante ter um pediatra de confiança, que acompanhe a criança e perceba que o quadro não está dentro do esperado. No câncer, a febre não tem um padrão: pode aparecer em qualquer período do dia, ser alta ou baixa e, normalmente, apresenta um quadro progressivo. As manchas podem surgir em regiões que não são de trauma. É preciso ficar atento em sintomas como: inchaços, aumento do fígado, baço, volume da barriga e dores ósseas que não melhoram com medicação”, explica a oncologista.

Por outro lado, crianças e adolescentes com câncer respondem mais rapidamente ao tratamento do que adultos. Porém, em ambos os casos é preciso estar atento aos sinais e à importância do diagnóstico precoce. “Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, menos intenso será o tratamento ao qual a criança será submetida e maior será sua chance de cura”, finaliza Viviane.

 

Fonte: Notícias ao Minuto

Tags:

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora SUPER TARDE

Com Audi Morais até às 16:59h