Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

DJ Luidy

Interagir com o chat
Recados do programa HITS MEMORY 103

sou o barti de galvao sc na audiencia do programa..parabens alguma do engenheiros do hawaii

Postado por Neri Barth em 01/06/2018 às 19:55h
Programa Hits Memory 103.

oi maninha tudo de bem aí em Belo Horizonte

Postado por Luidy Alcântara em 03/05/2018 às 20:26h
Programa Hits Memory 103.

eu quero ouvir roxette :)))

Postado por Elizangela Alcantara em 03/05/2018 às 19:08h
Programa Hits Memory 103.

helloooo Luidy, abração

Postado por Elizangela Alcantara em 03/05/2018 às 19:03h
Programa Hits Memory 103.

Oi toca toto africa um abraço adri guerra p

Postado por Adri Guerra em 27/04/2018 às 19:56h
Programa Hits Memory 103.

Está tocando agora HITS MEMORY 103

Com DJ Luidy até às 20:59h

Menu

Fux vota pela cassação de nove deputados estaduais de Sergipe por suposto desvio na assembleia

Política

Em 13/06/2018 às 07:53 hrs

53 visualizações

TSE analisa recursos de 22 pessoas punidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado. Julgamento foi suspenso após pedido de vista do ministro Tarcísio Vieira

Fux vota pela cassação de nove deputados estaduais de Sergipe por suposto desvio na assembleiaFux vota pela cassação de nove deputados estaduais de Sergipe por suposto desvio na assembleia

O Superior Eleitoral, Luiz Fux, votou nesta terça-feira (12) pela cassação de nove deputados estaduais de Sergipe por suposto desvio de verbas na assembleia do estado.
Fux votou, ainda, pela imposição de multas, mas sem cassação de registro, a outros nove parlamentares e ex-parlamentares, além de sugerir a absolvição de quatro suspeitos.
Ao todo, o TSE começou a analisar recursos de 22 pessoas punidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado por crimes e irregularidades eleitorais.
Depois do voto de Fux, relator do caso, o ministro Tarcísio Vieira pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar a situação dos condenados à cassação e a multas.
Já o ministro Napoleão Nunes Maia pediu vista das absolvições. Seis ministros do TSE ainda precisam dar os votos sobre os 22 acusados, em data ainda não prevista.
Conforme o processo, antes da eleição de 2014, cada deputado recebeu R$ 1,5 milhão em subvenções sociais para distribuir os valores, na forma de emendas, a entidades sociais do estado. Em dezembro de 2014, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) ajuizou ações contra 23 deputados da legislatura vigente à época na Assembleia apontando uso indevido desses recursos e crime eleitoral.
 

Cassações e multas 
De acordo com Fux, ficou comprovado que nove parlamentares usaram o dinheiro das entidades para beneficiar as próprias campanhas, o que prejudicou o processo eleitoral. Por isso, o ministro votou pela cassação dos diplomas.
 

Os deputados: João Daniel, Venâncio Filho, Raimundo Lima, Augusto de Assis, Adelson Barreto, Samuel Barreto, Luiz Carvalho, Zeca Ramos da Silva e José de Oliveira Guimarães.
 
"Nesses casos, entendo que a aplicação irregular das verbas representou afronta cabal de igualdade de oportunidade entre os candidatos. O esquema de corrupção transcende de maneira muito clara a mera intenção de enriquecimento ilícito, havendo indícios evidentes de que a engrenagem das entidades beneficiadas funcionava com motivação eleitoreira", afirmou o ministro.

Segundo Fux, há casos de desvio de dinheiro para assessores e para os próprios políticos.

Fonte: G1

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora HITS MEMORY 103

Com DJ Luidy até às 20:59h