Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Programação Educadora

Interagir com o chat
Recados do programa Programação Educadora

coloca ai uma musica do enio cunha ai se vocês tem ai ..

Postado por Jose da Silva em 18/08/2018 às 10:16h

muito melhor agora com fm parabéns laranjeiras do sul e região por esse presente......

Postado por Jose da Silva em 18/08/2018 às 09:59h

Olá Antônio cruz estou te ouvindo via net aqui é o Fábio Barbosa manda um abraço pros meus pais la do santo Antônio n.l o senhor Barbosa e Adina Antonina estou com muita saudade. Pesso uma música do gaúcho da fronteira edisoque o VELHO gosta

Postado por Fabio Rodrigues Barbosa em 04/08/2018 às 18:54h

Olá Antônio cruz tudo certinho aqui só Fábio filho do barbosa estou escutando vc via Net aqui no mato grosso do sul são Gabriel do Oeste manda um abraço prós meus pais la no santo Antônio n.l. peso a música do gaúcho da fronteira edição que o velho gosta

Postado por Fabio Rodrigues Barbosa em 04/08/2018 às 18:51h

ola boa tarde estamos ouvindo o programa aqui em Marquinho gostaria que vcs se possível tocasse o casamento da baitaca ou qualquer outra dos fazendeiros e ofereço para todos aqui e para nosso povo da terceira idade aqui Um abraço para vcs ai. Roberto de Paula

Postado por Roberto de Paula em 07/07/2018 às 15:24h

Oiii Boa Tarde!!!!

Postado por Bruno Reverdosa Falcao em 23/06/2018 às 14:36h

boa tarde Antonio estamos aqui ouvindo seu programa ao vivo ,fazendo um risoto pra esquentar o frio mais a noite.Manda um abraço para minha cunhada la do rio bananas que esta aqui aproveitando o friozinho,Claudete gedak,meus sobrinhos Rennam, ea TAINA;SUA AMIGA SOLANGE GEDAK GOSTARIA DE OUVIR A MUSICA COM MUSICAL JM MADRUGADA GELADA

Postado por Solange Gedak em 02/06/2018 às 17:41h

oi boa tarde e o dinho um abraço pra voce e pra dupla tambem e o dinho kkkk

Postado por Osmar Morelli em 26/05/2018 às 16:36h

Aqui no Ireno Alves só dá educadora fm. Chegando mais longe agora. Estou estudando e ouvindo a 103.

Postado por Jéssica De Avila Follmann em 26/05/2018 às 09:36h

Estamos ligados na Educadora Fm. Chegando mais longe agora. Aqui estou estudando e ouvindo a educadora fm. Jéssica de Avila Follmann, Ireno Alves, Rio Bonito do Iguaçu.

Postado por Jéssica De Avila Follmann em 26/05/2018 às 09:33h

Qual o Zap da radio educadora?

Postado por Sidinei Goudinho Dos Santos em 12/05/2018 às 09:14h

Favor me passa o Zap da radio educadora.

Postado por Sidinei Goudinho Dos Santos em 12/05/2018 às 09:13h

Manda uma musica pro Nelson Anhaia

Postado por Luciane Anhaia em 05/05/2018 às 16:09h

Parabéns a toda equipe está tudo muito bom, a programação.

Postado por Luciane Anhaia em 05/05/2018 às 15:53h

está muito bom toda a programaçao parabéns a toda equipe

Postado por Willianelucineia Trento em 05/05/2018 às 13:25h

Está tocando agora Programação Educadora

Menu

Jogos de futebol podem ter apenas uma torcida na capital

Esportes

Em 10/05/2018 às 16:29 hrs

106 visualizações

Uma medida proposta pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) pode dar fim as torcidas visitantes nos jogos de futebol de Curitiba.

(Foto: PMPR)(Foto: PMPR)

Uma medida proposta pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) pode dar fim as torcidas visitantes nos jogos de futebol de Curitiba. Com apoio da Polícia Militar e da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) da Polícia Civil, as partidas com presença exclusiva de torcedores do time mandante serão realizadas em um projeto-piloto.

A medida não vale somente para os clássicos, mas sim para o torcedor de qualquer equipe que jogue como visitante na capital paranaense. O primeiro jogo a receber o teste é pela Copa do Brasil, na Arena da Baixada, no dia 16 de maio, quando o Atlético recebe o Cruzeiro.

Por enquanto, a medida será tomada apenas pelo clube rubro-negro, pois Coritiba e Paraná Clube ainda não se mostraram adeptos do sistema.

Segundo o MPPR, a medida busca reduzir as ocorrências de atos de violência entre torcidas rivais, dentro e fora dos estádios e, consequentemente, a quantidade de efetivo policial necessário nos dias de jogos.

Ainda de acordo com o Ministério Público, atualmente, com a presença de torcedores de ambos os times nos estádios, é grande a necessidade de deslocamento de parcela considerável da força policial. Isso porque além da segurança no estádio e seu entorno, todo o percurso feito pelas torcidas organizadas até os locais dos jogos é acompanhado por escolta de policiais militares que precisam ser remanejados de seus postos de trabalho em outros pontos da cidade e até da região metropolitana.

De acordo com o promotor de Justiça Maximiliano Ribeiro Deliberador, somente a partir do projeto-piloto será possível avaliar os reais impactos para a sociedade, especialmente quanto à segurança pública. O MPPR apontou dados da Promotoria de Justiça do Consumidor da Capital de São Paulo, onde a medida já foi adotada, para argumentar a proposta.

Segundo a nota, algumas mudanças foram observadas, como a redução em 31% do efetivo do Batalhão de Choque e 15% do efetivo externo da Polícia Militar, necessários nos dias de partida, a diminuição em 65% do total de escoltas realizadas para o acompanhamento das torcidas e o aumento em 23% do público presente nos jogos.

No Paraná, a expectativa é de que os números sejam ainda mais expressivos, uma vez que, diferente de São Paulo, em Curitiba a medida não se restringirá aos clássicos.

O Ministério Público do Paraná também afirma que ‘além da diminuição da violência e do custo, que acaba sendo arcado pelo cidadão que paga pelas estruturas de polícia, busca-se trazer de volta aos estádios aqueles que, por receio de ocorrências de violência, se afastaram’.

A intenção, segundo a Promotoria de Justiça é que, após as experiências iniciais, a medida, uma vez vitoriosa, possa ser estendida aos estádios dos demais clubes da capital.

Fonte: Com informações do MPPR

Tags:

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Programação Educadora

Com Programação Educadora até às 21:00h