Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Programação Educadora

Interagir com o chat
Recados do programa: Raridades - Maikon Oliveira

OPA BOA TARDE NAO E SO AI NO EM LARANJEIRAS Q AACONTECE COM OS ANIMAIS EM SC TBM FAZEM ABANDONO E AS VEZES DSO VENENO AKI E O JULIANO Q ESTA ASSISTINDO AO VIVO

Por Juh Laise em 16/01/2019 às 12:49h
Programa Boletim de Ocorrência

Elizandra de Mangueirinha. Boa tarde Antonio! Toca os Mirins/meu canivete Oferecendo pro meu esposo Sidinei, minha sogra Iraci e meu sogro Sebastião.

Por Elizandra Ferreira em 12/01/2019 às 18:33h
Programa Na hora do mate

Boa tarde! Manda um alô pro meu esposo Sidinei. É a Elizandra de Mangueirinha

Por Elizandra Ferreira em 12/01/2019 às 18:11h
Programa Na hora do mate

BOA TARDE AUDI MANDA UM ALO PARA O PESSOAL DA WE PROJETOS AGRICOLAS DE RIO BONITO , QUERTIA PEDIR A MUSICA VIVENDO AKI NO MATO

Por Elizeu Wilczak em 09/01/2019 às 16:13h
Programa Super Tarde

sou Evandro de Rio bonito toque chão de giz com se Ramalho pra Valéria Santi Helena e Eloisa

Por Eloisa Santi em 04/01/2019 às 20:32h
Programa Hits Memory 103

boa noite Luidi sou Evandro de Rio bonito

Por Eloisa Santi em 04/01/2019 às 20:27h
Programa Hits Memory 103

Tarde Luidy,toca Bon Jovi-living on a player

Por Luiz Carlos Krutschok em 04/01/2019 às 19:26h
Programa Hits Memory 103

Olahhh toca uma do rauzitoo ai pra nois

Por Gilmar RaulSeixista em 02/01/2019 às 19:06h
Programa Hits Memory 103

Boa tarde sou Vanderlei de Camboriú SC Madá um beijo para minha mãe aí dona nena seu bastião

Por Rô Dos Santos em 27/12/2018 às 16:36h
Programa Super Tarde

Oi, aqui é a Yasmim Rochi de Criciúma SC, manda um abraço pro meu Avô Augustinho Rochi e toda família Rochi do Porto Santana e também pro meu avô Valdir Presa e pra toda família Presa do Porto Barreiro. Toca um modão, um abraço pra você!

Por Yasmim Rochi em 27/12/2018 às 11:33h
Programa Super Manhã

Bom dia,sou patrícia Fernandes,da Cidade de são João,mando um abraço prá minha família aí de LARANJEIRAS,peco a música Vanessa Camargo coração embriagado

Por Patricia Fernandes em 26/12/2018 às 08:21h
Programa Manhã 103

pessoal garda hotel de frente para o lago esta ligado no programa seu antonio cruz marcelo fabio jessyca o max a toda equipe garda hotel abraço e um feliz natal amigo antonio cruz

Por Fabio Nogueira em 22/12/2018 às 17:13h
Programa Na hora do mate

Aqui é Tania de Sao paulo só sintonizei para ouvir joão dalzoto]. grande abraco para toda famia

Por Tania Gavlik em 22/12/2018 às 07:32h
Programa Festa na Roça

Olá boa tarde, tudo bem? Aki tudo ótima! É a franciele Possato d Curitiba, estou acompanhando o programa pelo chat... Por gentileza manda um modao pra família Possato do Rio crim..e pra vcs da rádio.. Valeu.. Bom final d tarde a todos.

Por FranPossato FranFran em 20/12/2018 às 18:23h
Programa Rancho 103

Olá boa tarde, tud bem? Aki tudo ótima. É a Franciele Possato, de Curitiba.. Estou acompanhando o Programa pelo chat... Abraço a todos, manda um bj p Minh família Possato do Rio do crim. Amanhã chego visitar meus pais.. Bom final d tarde a todos, valeuuu

Por FranPossato FranFran em 20/12/2018 às 18:14h
Programa Rancho 103

Está tocando agora Raridades - Maikon Oliveira

Menu

Justiça Federal condena Unila a pagar R$ 32 milhões por obra inacabada

Educação

Em 25/04/2018 às 17:16 hrs

973 visualizações

Consórcio alega irregularidades na rescisão do contrato; construção da sede da universidade, em Foz do Iguaçu, começou em junho de 2011 ao custo inicial de R$ 241 milhões

 Fabiula Wurmeister Fabiula Wurmeister

A 2ª Vara Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, condenou a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) a ressarcir R$ 32,4 milhões ao Consórcio Mendes Júnior/Schahin, responsável pela primeira etapa de construção da sede da instituição.

Na sentença publicada na quinta-feira (19), o juiz Rony Ferreira determina ainda que a universidade pague cerca de R$ 2,7 milhões em honorário advocatícios. Cabe recurso da decisão.
Com projeto do arquiteto Oscar Niemayer, a obra total foi orçada inicialmente em pouco mais de R$ 241 milhões. A construção da primeira etapa, que incluía parte do prédio central, salas de aula e restaurante, teve início em junho de 2011 e deveria ser concluída em maio de 2013.
Depois de vários aditivos ao contrato, a obra deveria ser entregue em novembro de 2014, ano em que a construção foi paralisada.
Na ação, as empresas questionam a rescisão do contrato feita pela Unila. As empreiteiras alegam que não puderam dar andamento à obra dentro do prazo previsto por circunstâncias provocadas pela própria universidade.
Já a Unila defendeu-se garantindo que as construtoras desrespeitaram deveres contratuais e legais, além de manter um baixo número de trabalhadores e de máquinas e restrições técnicas da equipe para a análise dos projetos apresentados.
“Restou demonstrado que o descumprimento dos marcos contratuais ocorreram em virtude de atrasos da ré [Unila] no fornecimento dos projetos executivos, na demora em fornecer e aprovar soluções após a detecção de falha geológica, bem como em virtude do excesso de alterações promovidos nos projetos pela ré”, justificou o juiz ao apontar que a Unila foi responsável pelos atrasos que levaram à rescisão do contrato.
 

Unila
 
Criada em 2010, a Unila conta com mais de 5 mil estudantes brasileiros e de outros 19 países latino-americanos em 29 cursos de graduação, oito de mestrados e quatro especializações.

Fonte: G1

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Raridades - Maikon Oliveira

Com Programação Educadora até às 02:29h