Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Programação Educadora

Interagir com o chat
Recados do programa: Top 10 - Felipe Kaplan

OPA BOA TARDE NAO E SO AI NO EM LARANJEIRAS Q AACONTECE COM OS ANIMAIS EM SC TBM FAZEM ABANDONO E AS VEZES DSO VENENO AKI E O JULIANO Q ESTA ASSISTINDO AO VIVO

Por Juh Laise em 16/01/2019 às 12:49h
Programa Boletim de Ocorrência

Elizandra de Mangueirinha. Boa tarde Antonio! Toca os Mirins/meu canivete Oferecendo pro meu esposo Sidinei, minha sogra Iraci e meu sogro Sebastião.

Por Elizandra Ferreira em 12/01/2019 às 18:33h
Programa Na hora do mate

Boa tarde! Manda um alô pro meu esposo Sidinei. É a Elizandra de Mangueirinha

Por Elizandra Ferreira em 12/01/2019 às 18:11h
Programa Na hora do mate

BOA TARDE AUDI MANDA UM ALO PARA O PESSOAL DA WE PROJETOS AGRICOLAS DE RIO BONITO , QUERTIA PEDIR A MUSICA VIVENDO AKI NO MATO

Por Elizeu Wilczak em 09/01/2019 às 16:13h
Programa Super Tarde

sou Evandro de Rio bonito toque chão de giz com se Ramalho pra Valéria Santi Helena e Eloisa

Por Eloisa Santi em 04/01/2019 às 20:32h
Programa Hits Memory 103

boa noite Luidi sou Evandro de Rio bonito

Por Eloisa Santi em 04/01/2019 às 20:27h
Programa Hits Memory 103

Tarde Luidy,toca Bon Jovi-living on a player

Por Luiz Carlos Krutschok em 04/01/2019 às 19:26h
Programa Hits Memory 103

Olahhh toca uma do rauzitoo ai pra nois

Por Gilmar RaulSeixista em 02/01/2019 às 19:06h
Programa Hits Memory 103

Boa tarde sou Vanderlei de Camboriú SC Madá um beijo para minha mãe aí dona nena seu bastião

Por Rô Dos Santos em 27/12/2018 às 16:36h
Programa Super Tarde

Oi, aqui é a Yasmim Rochi de Criciúma SC, manda um abraço pro meu Avô Augustinho Rochi e toda família Rochi do Porto Santana e também pro meu avô Valdir Presa e pra toda família Presa do Porto Barreiro. Toca um modão, um abraço pra você!

Por Yasmim Rochi em 27/12/2018 às 11:33h
Programa Super Manhã

Bom dia,sou patrícia Fernandes,da Cidade de são João,mando um abraço prá minha família aí de LARANJEIRAS,peco a música Vanessa Camargo coração embriagado

Por Patricia Fernandes em 26/12/2018 às 08:21h
Programa Manhã 103

pessoal garda hotel de frente para o lago esta ligado no programa seu antonio cruz marcelo fabio jessyca o max a toda equipe garda hotel abraço e um feliz natal amigo antonio cruz

Por Fabio Nogueira em 22/12/2018 às 17:13h
Programa Na hora do mate

Aqui é Tania de Sao paulo só sintonizei para ouvir joão dalzoto]. grande abraco para toda famia

Por Tania Gavlik em 22/12/2018 às 07:32h
Programa Festa na Roça

Olá boa tarde, tudo bem? Aki tudo ótima! É a franciele Possato d Curitiba, estou acompanhando o programa pelo chat... Por gentileza manda um modao pra família Possato do Rio crim..e pra vcs da rádio.. Valeu.. Bom final d tarde a todos.

Por FranPossato FranFran em 20/12/2018 às 18:23h
Programa Rancho 103

Olá boa tarde, tud bem? Aki tudo ótima. É a Franciele Possato, de Curitiba.. Estou acompanhando o Programa pelo chat... Abraço a todos, manda um bj p Minh família Possato do Rio do crim. Amanhã chego visitar meus pais.. Bom final d tarde a todos, valeuuu

Por FranPossato FranFran em 20/12/2018 às 18:14h
Programa Rancho 103

Está tocando agora Top 10 - Felipe Kaplan

Menu

Moro assume investigação enviada pelo STJ e determina abertura de inquérito contra ex-governador Beto Richa

Política

Em 14/05/2018 às 07:52 hrs

182 visualizações

Beto Richa foi citado nas delações premiadas do ex-executivo da Odebrecht na região Sul, Valter Lana, e do ex-presidente do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht Benedicto Júnior

Moro assume investigação enviada pelo STJ e determina abertura de inquérito contra ex-governador Beto RichaMoro assume investigação enviada pelo STJ e determina abertura de inquérito contra ex-governador Beto Richa

O juiz Sérgio Moro assumiu as investigações a partir da Operação Lava Jato sobre o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB-PR) e determinou que a Polícia Federal (PF) abra um inquérito contra o ex-governador para apurar o suposto favorecimento à Odebrecht na licitação da PR-323, no noroeste do Paraná.

No despacho, o juiz deu prazo de 30 dias para que a PF e o Ministério Público Federal (MPF) dêem continuidade às investigações.

Na decisão, Moro afirmou que é dele a competência para julgar os fatos relacionados à campanha a reeleição de Beto Richa em 2014 porque nesse caso haveria suspeita de contrapartida com uma intervenção do governo do estado na licitação para as obras na rodovia.

No dia 26 de abril, o ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou o envio das investigações para o juiz Moro e para a Justiça Eleitoral do Paraná. O caso corre em segredo de Justiça.

Ao enviar o pedido, o ministro atendeu a um pedido da Procuradoria Geral da República feito depois que Beto Richa deixou o cargo de governador para disputar o Senado.

Como ele perdeu o foro privilegiado de governador no STJ, o processo segue agora na primeira instância.

Richa citado em delações

Beto Richa foi citado nas delações premiadas do ex-executivo da Odebrecht na região Sul, Valter Lana, e do ex-presidente do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht Benedicto Júnior, divulgadas no ano passado.

No despacho, Moro disse que "ainda no desdobramento das investigações, foi descoberta a existência, no Grupo Odebrecht, do asssim denominado Setor de Operações Estruturadas, consistente em um departamento específico encarregado, na empresa, de realizar pagamentos não-contabilizados, entre eles de vantagem indevida a agentes públicos".

Valter Lana e Benedicto Júnior disseram que Richa recebeu pelo menos R$ 2,5 milhões como caixa dois para a campanha eleitoral de 2014 porque consideravam que se tratava de um político promissor, mas que não houve uma contrapartida específica.

Conforme Benedito Júnior, os valores foram lançados internamente como despesas no projeto de duplicação da PR-323, na qual a Odebrecht atuou.

Moro cita ainda delações que tratam de pagamentos feitos a Richa em 2008 e 2010.

No despacho em que assumiu a investigação, Moro citou um terceiro executivo da Odebrecht - Luciano Antônio Bueno Júnior. De acordo com o juiz, Luciano Júnior declarou que o pagamento em 2014 estaria relacionado ao favorecimento do Grupo Odebrecht em licitação para a duplicação da rodovia.

Moro disse ainda que Luciano relatou que teria solicitado a Deonilson Roldo, então chefe de gabinete de Richa à época da reeleição, o apoio para possíveis interessados na licitação. Luciano teria dito ainda que teria recebido de Roldo a informação de que ele poderia ajudar e que ele [ Roldo] "contava" com o apoio da Odebrecht para a campanha de reeleição do governador em 2014".

Fonte: G1 Paraná

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Top 10 - Felipe Kaplan

Com Programação Educadora até às 00:59h