Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Programação Educadora

Interagir com o chat
Recados do programa: Voz do Brasil

Um grande abraço a este povo trabalhador de Laranjeiras do Sul...

Por Edson Fausto Dos Santos em 01/04/2020 às 04:41h
Programa Brasil Caboclo

bom dia, estou em dois vizinhos escutando a radio manda um abraço pro pessoal do alto são joão especialmente pro meu pai e minha mãe vitor burdella e lucimare machado e minha irma caroline burdella. Rafael Burdella.

Por Rafael Burdella em 28/03/2020 às 08:34h
Programa Estação 103

Toca uma massa aí do kid abelha

Por Ricardo Goulart em 27/03/2020 às 19:47h
Programa Hits Memory 103

Aqui é o Ricardo foz do Jordão top a programação como sempre ????????????????manda um abraço pro Davi Ricardo,João Matheus Carla batista é toda a galera q tá na escuta

Por Ricardo Goulart em 27/03/2020 às 19:36h
Programa Hits Memory 103

oi aqui e bruno de cascavel

Por Bruno Lucas em 23/03/2020 às 22:54h
Programa Programação Musical

Bom dia!Estou programadora por força das circunstâncias na rádio onde eu trabalho (interior de Minas Gerais) e gostaria de saber sobre a playlist de vocês Aqui tocamos de tudo 70% Sertaneja os outros 30% músicas nacionais Internacionais e flash Back Podem me mandar a Playlist de vocês 37 99925 0752 Regina Maria ou po e mail marregina@gmail.com Obrigada!Bom trabalho à todos!

Por Regina Maria Silva em 23/03/2020 às 09:12h
Programa Manhã 103

Como posso ouvir a oracao manha de luz? Que horas vai ao ar?

Por Amelia Madalena Garcia em 19/03/2020 às 10:55h
Programa Super Manhã

Bom dia tamos aki roncador ouvindo..

Por Marcio Maciel em 15/03/2020 às 09:35h
Programa Bolicho do Galizé

Boa tarde Audi Moraes manda um abraço pra galera da Farmacia Santa Terezinha da VX, todo mundo ligadinho na E103

Por Terezinha Santa em 11/03/2020 às 15:07h
Programa Super Tarde

BOM DIA ELIZEU MANDA UMA MODA BOA AQUI PARA O PESSOAL TRABLANDO AQ NA COPROSSEL UBS ACOMPANHANDO A 103 FM GRANDE ABRACO

Por Edemar Battistoni em 09/03/2020 às 05:08h
Programa Brasil Caboclo

Bom dia talli tamo trabalhando escutando a educadora toca a musica ze neto e cristiano ferida curada

Por Hallysson Gomes em 06/03/2020 às 11:12h
Programa Super Manhã

bom dia Tiago tô numa gripe lascada mais ligada na 103 no último volume tocar Fátima Leão pecado de amor obrigada

Por Evidiane De Souza em 06/03/2020 às 09:14h
Programa Manhã 103

tenho um subrinho q trabalha ai andan guerra manda uma musica aqui pro norte cidade gaucha mandao um fote abraço pra esa radio q conheço a mas de trinta anos so daqui do norte minhas irmaos mora tudo ai a nilce a rosa sou joao carlos popular gaucho pedreiro daqui do norte cidade gaucha pr amo esa cidade dai laranjeiras do sul morei ai vinte anos

Por Joao Carlos Rodrigues em 04/03/2020 às 20:39h
Programa Hits Memory 103

Valeu Celso Junior, um abraco a todos os ouvintes e equipe da Radio

Por Moises Gandin em 03/03/2020 às 18:23h
Programa Paradão 103

boa tarde, antonio cruz aqui romario, manda um abraço para o seu mario, dona marilda e o geovane na linha pessegueiro, manda uma musica bem gaúcha praeles.

Por Romário Oliveria Santos em 29/02/2020 às 18:49h
Programa Na hora do mate

Está tocando agora Voz do Brasil

Menu

Mulher enterra filha viva de ponta cabeça após ela acusar padrasto de abuso sexual: 'Pedia por socorro'

Notícias policiais

Em 24/03/2020 às 10:24 hrs

3364 visualizações

Vítima tinha 10 anos e, conforme a polícia, foi morta pela mãe com ajuda do irmão adolescente. Crime aconteceu em Brasilândia (MS)

Mulher enterra filha viva de ponta cabeça após ela acusar padrasto de abuso sexual: Mulher enterra filha viva de ponta cabeça após ela acusar padrasto de abuso sexual: 'Pedia por socorro'

Uma mulher de 29 anos está presa desde a noite de sábado (21), em Brasilândia, no leste de Mato Grosso do Sul, por matar a própria filha. Segundo a Polícia Civil, a mãe contou que matou a menina de 10 anos porque ela acusava o padrasto de abuso sexual.
O irmão da vítima, de 13 anos, foi apreendido. Ele confessou que ajudou a mãe a matar a irmã e que ela foi enterrada viva. "Ela pedia por socorro dentro do buraco”, disse o menino à polícia.
A polícia soube do caso pela própria mãe. Depois de ir três vezes ao local do crime para constatar se a filha estava morta, a mulher procurou a delegacia de Polícia Civil e disse que a menina havia desaparecido após ter sido deixada por ela em uma praça com o irmão. Horas depois, ligou para a Polícia Militar e contou que havia matado a criança e queria se entregar.
Os policiais então foram ao encontro da mulher, ela falou sobre o que havia acontecido e levou os militares ao local do crime: um buraco perto do lixão do município. Lá, foi encontrado o cadáver da menina, enterrado de cabeça para baixo.
A Polícia Civil e o Conselho Tutelar foram informados e em conversa com o irmão da vítima, ele confessou que havia ajudado a mãe. Ele tinha arranhões nas pernas, o que fez com que fosse levantada suspeita sobre o envolvimento dele.
O adolescente contou aos policiais que a mãe derrubou a filha no chão e passou a enforcá-la com fio elétrico. Na versão do garoto, a irmã pedia por socorro para que não fosse morta. Em seguida, eles encontraram um buraco no chão e colocaram a vítima ainda viva, enterrando em seguida, ficando apenas os pés para fora.
Conforme a Polícia Civil, o médico legista observou, no exame necroscópico, que a vítima apresentava várias lesões pelo corpo, indicando possível ocorrência de tortura. A causa da morte foi asfixia mecânica por compressão do tórax, compatível com o relato do adolescente.
 
O garoto revelou ainda que a mãe ficou enfurecida porque a irmã havia dito que estava sendo abusada sexualmente pelo padrasto e prometeu matá-la caso continuasse falando sobre o assunto. Em seguida, ela chamou ambos para sair de carro e parou em uma estrada fora da cidade, onde iniciou as agressões e matou a filha.
A mulher manifestou o direito de falar apenas em juízo. Informalmente, disse aos policiais ter matado a filha em um momento de raiva, negando que a motivação fosse a revelação do abuso sexual praticado pelo padrasto.
A Polícia Civil identificou uma testemunha que relatou que a menina havia mencionado, no final do ano passado, ter sido vítima de abuso por parte do padrasto e que não poderia revelar os professores ou para a polícia por medo de apanhar da mãe.
A mulher foi autuada em flagrante por homicídio qualificado pelo motivo torpe, meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima, crime praticado para ocultar outro crime; ocultação de cadáver e corrupção de menor. Ela foi encaminhada para o Presídio Feminino de Três Lagoas. Ela já tinha passagens por tráfico de drogas e furto.
A Polícia Civil pediu a prisão preventiva do padrasto da vítima, de 47 anos. Ele é apontado como suspeito de estupro de vulnerável e investigado por eventual participação no homicídio e ocultação de cadáver da vítima.
O adolescente foi apreendido e será recambiado para uma Unidade Educacional de Internação.

Fonte: G1

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Voz do Brasil

Com Programação Educadora até às 21:59h