Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Programação Educadora

Interagir com o chat
Recados do programa RARIDADES - MAIKON OLIVEIRA

Está tocando agora RARIDADES - MAIKON OLIVEIRA

Menu

Paraná tem maior índice de produtividade de laranja e milho no país, diz governo

Agronegócio

Em 14/06/2018 às 07:42 hrs

79 visualizações

Estado também se destaca nas produções de aveia, centeio, fumo e triticale. Governo teve como base dados do Levantamento Sistemático de Produção Agrícola (LSPA), do IBGE

Paraná tem maior índice de produtividade de laranja e milho no país, diz governoParaná tem maior índice de produtividade de laranja e milho no país, diz governo

Na safra 2018, o Paraná registrou os maiores índices de produtividade do país nas culturas de laranja, milho (1º safra), aveia, centeio, fumo e triticale, de acordo com governo estadual, que teve como base dados do Levantamento Sistemático de Produção Agrícola (LSPA).
O estudo foi divulgado na terça-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o governo, em volume de produção, o milho da primeira safra alcançou 2.887.598 toneladas colhidas neste ano, enquanto a laranja atingiu a produção de 833.660 toneladas.
Nos casos do fumo e da aveia, os volumes colhidos devem alcançar 190.254 e 166.991 toneladas, respectivamente. Na sequência, triticale e centeio, com produções de 28.675 e 6.349 toneladas, completam a lista.
 

Produtividade no Paraná em 2018:
Laranja: 37.085 quilos por hectare (36,7% acima da média nacional)
Milho (1ª safra): 8.745 quilos por hectare (73,9% acima da média nacional)
 
“O Paraná mantém a sua relevância na produção agrícola nacional, respondendo por mais de 17% da safra de grãos do País, mesmo ocupando apenas 2,3% do território brasileiro”, disse o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvovimento Econômico e Social (Ipardes), Julio Suzuki Júnior.
Segundo ele, o estado também se destaca na produtividade de soja, trigo e feijão, apesar de não liderar o ranking nacional.
Na avaliação do chefe do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura, Marcelo Garrido, o desempenho paranaense na safra 2018 deve-se principalmente ao investimento em tecnologia.
“O clima tem sido menos favorável na safra 2018 em relação a anos anteriores, com falta de chuva no início do plantio do milho, por exemplo”, afirma o técnico.

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora RARIDADES - MAIKON OLIVEIRA

Com Programação Educadora até às 02:29h