Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Antônio Cruz

Interagir com o chat
Recados do programa: Tarde Sertaneja

Boa tarde, Gislaine aqui de Cascavel -PR toca Teixeirinha - Velho Casarão, por favor quero oferecer para minha Mãe Ivone Siebre que esta passeando por aqui e ouvindo Na Hora do Mate, abraço a todos.

Por Gisaa Siebre em 20/04/2019 às 17:30h
Programa Na hora do mate

Um abraço de Verona a todos meus conterranos, Wilson Moretti.

Por Wilson Moretti em 20/04/2019 às 15:25h
Programa Rancho do Zé

Boa tarde quero ouvir o louvor Aleluia pode ser ?uma feliz Páscoa para todos aí e ou ouvintes estou ouvindo a rádio quero participar do sorteio ???? Dá um oi pra nós

Por Elizana Rodrigues de Lima em 20/04/2019 às 14:26h
Programa Pediu Tocou

Hurrull to ouvindo quero participar do sorteio

Por Elizana Rodrigues de Lima em 20/04/2019 às 14:21h
Programa Pediu Tocou

grave minhas musicas blz gaucha

Por Fabio Andreiv Andreiv em 18/04/2019 às 17:11h
Programa Rancho 103

buenas tamo te vendo

Por Fabio Andreiv Andreiv em 18/04/2019 às 17:06h
Programa Rancho 103

#euqueroganharacestadepáscoa!! :)

Por Débora De Paula em 17/04/2019 às 10:20h
Programa Super Manhã

Oi Talli parabens pelo Programa SUPER MANHÃ, #EU QUERO GANHAR A SEXTA DE PASCOA

Por Leodete Cardoso em 17/04/2019 às 10:07h
Programa Super Manhã

Bom dia estou ouvindo aqui de Curitiba Gostaria de mandar uma musica pra meus filhos de candoi

Por Rozely Leal em 17/04/2019 às 05:46h
Programa Brasil Caboclo

Boa tarde ...Estamos aqui na escuta...manda um abraço pra nós. ..Fabiana Kovalskii e o Pedro Henrique

Por Fabi Kovalski em 12/04/2019 às 17:45h
Programa Rancho 103

Bom dia aqui é a Maria Helena do Laranjal adoro essa radia

Por Maria Elena em 12/04/2019 às 11:22h
Programa Super Manhã

Bom dia Elizeu aqui é o Evandro Abreu de Cantagalo ouvinte de todo os dias sou muito fã do Teixeira . Aqui choveu 65 mm

Por Carina Abreu em 06/04/2019 às 05:59h
Programa Festa na Roça

comercial quase nao tem ....rsrsrsr

Por Cleber Vanderbist em 03/04/2019 às 10:22h
Programa Super Manhã

Bom dia estou ouvindo 103.9 FM, em Verona, Italia, Moretti um filho de Laranjeiras.

Por Wilson Moretti em 31/03/2019 às 02:23h
Programa Musica da 103

HITS MEMORY 103

Por Luidy Alcântara em 29/03/2019 às 19:35h
Programa Hits Memory 103

Está tocando agora Tarde Sertaneja

Com Antônio Cruz até às 14:59h

Menu

Safra de soja do Paraná deve ter quebra de 14%, diz Deral

Agronegócio

Em 25/01/2019 às 07:31 hrs

83 visualizações

Previsão passou de 19,5 milhões de toneladas para 16,8 milhões de toneladas do grão. Primeira safra de feijão também deve ter redução significativa, e colheita de milho teve menos impacto

Safra de soja do Paraná deve ter quebra de 14%, diz DeralSafra de soja do Paraná deve ter quebra de 14%, diz Deral

A safra de soja do Paraná deve ter uma quebra de 14%, segundo o Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria Estadual de Agricultura. A previsão inicial de 19,5 milhões de toneladas foi revista para 16,8 milhões de toneladas do grão.
Técnicos identificaram a redução da produtividade das lavouras após percorrer propriedades pelo estado. As altas temperaturas e a falta de umidade foram apontadas como os fatores que prejudicaram a formação da soja.
De acordo com o secretário de Agricultura Norberto Ortigara, a quebra representa um prejuízo de cerca de R$ 3 bilhões considerando os preços atuais.

As regiões oeste, noroeste e sudoeste do Paraná são as mais atingidas. Ainda falta colher 85% das lavouras de soja do estado.
A ministra da Agricultura Tereza Cristina esteve no evento de lançamento da colheita do grão, realizado na manhã desta quinta-feira (24) em Apucarana, no norte do Paraná.
Em meio a uma safra abaixo do esperado, ela foi cobrada sobre a possibilidade de renegociar dívidas de produtores rurais.
Tereza Cristina disse que, por enquanto, não deve haver uma renegociação generalizada, considerando que a colheita ainda não acabou.

Feijão 1ª safra
 
Conforme o Deral, a quebra na 1ª safra de feijão deve chegar a 21%, com a produção ficando em torno de 260,1 mil toneladas. O governo estima que os prejuízos cheguem à R$ 171 milhões.

A região de Curitiba foi a mais afetada, com redução de 30% na produção. Em seguida vem Ponta Grossa, nos Campos Gerais, com perdas de 14%.
O levantamento também aponta que a colheita já foi feita em 80% da área plantada, e as perdas já estão provocando reflexos no mercado. De dezembro a janeiro, os preços do feijão de cor tiveram alta de 41%, já o feijão preto subiu 26%.
 

Milho
 
A produção de milho da primeira safra foi pouco afetada pelas condições climatológicas dos últimos meses.
A expectativa do Deral era colher 3,3 milhões de toneladas, mas o início da colheita aponta que deve haver redução de 200 mil toneladas de grãos, com função do calor excessivo registrado entre novembro e dezembro.

Fonte: G1 Paraná

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Tarde Sertaneja

Com Antônio Cruz até às 14:59h