Login Rádio Educadora

Você só precisa fazer login para continuar

Tiago Almeida

Interagir com o chat
Recados do programa: Paradão 103

Boa tarde Exmo. Ver. e excelente radialista Antônio Cruz, parabéns pelo seu empenho no combate aos privilégios.

Por Odair Manfroi em 01/06/2020 às 13:39h
Programa Tarde Sertaneja

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 13:02h
Programa Musica da 103

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 12:57h
Programa Prosa e Gaitaço

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 12:46h
Programa Prosa e Gaitaço

fala queria que vc tocasse: Travis Scott THE SCOTT esse é o nome da música

Por Kaua Ricardo em 31/05/2020 às 12:44h
Programa Prosa e Gaitaço

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 12:40h
Programa Prosa e Gaitaço

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 12:33h
Programa Prosa e Gaitaço

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 12:26h
Programa Prosa e Gaitaço

Boa tarde aqui é o silvio, neto do saudoso NEGO DA GAITA, sempre estamos na sintonia educadora, quero ouvir Loira querida do INDIO ARAGANO, um grande abraço a todos do Presidente vargas

Por Silvio Grind em 31/05/2020 às 12:21h
Programa Prosa e Gaitaço

Bom dia povão da 103 e o Valdecir de larangeira do sul tô trabalhando em campo Mourão queria partecipar do serteio e pedir pra vc mandar um abraço pra minha família formiga do palmeiras

Por Valdecir Leoni Lucas em 31/05/2020 às 08:39h
Programa Bolicho do Galizé

Bom dia Tiago. Seu programa é top de mais. Aqui é o Natanael de Saudade do Iguaçu. Mnada um salve ai.

Por Miro Cenci em 26/05/2020 às 07:35h
Programa Manhã 103

Boa tarde. Aque é o Natanael de Sudade do Iguacu e tamos na lida aqui no posto avenida. manda um salve ai pro Natanael e pro Mateus e se pude toca ai uma moda sertanja das boa. Um abraço.

Por Miro Cenci em 23/05/2020 às 14:45h
Programa Pediu Tocou

Milha mora bem perto da Radio Um abraço Evandro de Barra do Turvo para toda Laranjeiras do Sul

Por Evandro Mancio em 15/05/2020 às 15:57h
Programa Super Tarde

BOA TARDE UM ABRAÇO FALO DE BARRA DO TURVO -S P MINHA FILHA ESTUDA AI NESTA CIDADE LINDA E MARAVILHOSA

Por Evandro Mancio em 15/05/2020 às 15:51h
Programa Super Tarde

Bom dia Tiago, estamos ouvindo seu programa aqui na Coprossel! Um abraço ate mais

Por Lucas Goes em 13/05/2020 às 09:05h
Programa Manhã 103

Está tocando agora Paradão 103

Com Tiago Almeida até às 18:59h

Menu

Salário mínimo do Paraná vai a R$ 1.383,80 e segue como o maior do País

Informação

Em 14/01/2020 às 09:19 hrs

1227 visualizações

O percentual maior que o índice nacional foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no Conselho Estadual do Trabalho.

 Salário mínimo do Paraná vai a R$ 1.383,80 e segue como o maior do País Salário mínimo do Paraná vai a R$ 1.383,80 e segue como o maior do País

O reajuste do salário mínimo regional do Paraná será de 5,86% este ano - 1,75 ponto porcentual acima do reajuste nacional. O reajuste eleva o piso para R$ 1.383,80 na categoria 1 (o maior do país), podendo chegar a R$ 1.599,40 de acordo com a categoria. O percentual maior que o índice nacional foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no Conselho Estadual do Trabalho.

Na categoria dos trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca, o piso sobe para R$ 1.383,80. Para o segundo grupo, no setor de serviços administrativos, serviços gerais, de reparação e manutenção e vendedores do comércio em lojas e mercados, o salário aumenta para R$ 1.436,60. Esta categoria engloba também a classe de trabalhadores domésticos.

Já no terceiro grupo, dos empregados na produção de bens e serviços industriais, o piso vai para R$ 1.487,20. Para o último grupo, na categoria de técnicos de nível médio, o piso passa a ser R$ 1.599,40.

“O reajuste do piso é o compromisso do nosso governo em valorizar os trabalhadores. Mantivemos o percentual maior para aumentar o poder aquisitivo dos trabalhadores abrangidos por essa lei. Isso vai se refletir no movimento do comércio e nos serviços”, enfatiza o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“O mínimo regional, que já entra na folha de janeiro, é uma referência para a negociação das categorias sindicalizadas e uma garantia para as categorias que não têm sindicato”, lembra o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. “É uma missão do Governo do Paraná trabalhar em prol da classe trabalhadora, fazendo com que a geração de empregos no Paraná continue em alta”, reforça.

ANTECIPAÇÃO - Pela primeira vez na história, em 2020 o reajuste do mínimo regional do Paraná vale desde o primeiro dia do ano – ou seja, o novo valor deverá ser pago já na folha salarial de fevereiro. Também pela primeira vez, o percentual de aumento ficou acima do reajuste do salário mínimo federal.

Historicamente, de acordo com o que determina a lei 18766/2016, o piso salarial paranaense é reajustado pelo mesmo percentual aplicado para o reajuste do Salário Mínimo Nacional, “baseado na variação do INPC do ano anterior, com aplicação adicional, a título de ganho real, da variação real do PIB nacional observada dois anos antes”.

Como, porém, o governo federal mudou este ano a política de cálculo e decidiu reajustar o salário mínimo apenas pela inflação – ou seja, sem aumento real –, a definição sobre o percentual paranaense foi objeto de votação no Conselho Estadual do Trabalho – órgão conselho tripartite, que tem a participação de representantes do poder público, de empregados e empregadores.

Prevaleceu a proposta que mantém a somatória do PIB ao INPC para compor o valor final. Assim, o ganho real dos trabalhadores paranaenses este ano chega a 1.38 ponto percentual.

HISTÓRICO - Desde sua criação em 2006, o salário mínimo regional do Paraná, em suas categorias ocupacionais, sempre foi estabelecido em patamares superiores aos do salário mínimo nacional.

Ao mesmo tempo, essa política permitiu ao trabalhador paranaense, pertencente aos grupos previstos, a possibilidade de alcançar pisos salariais que figuram entre os mais elevados no país, quando consideradas as unidades de federação que mantêm uma política de salário mínimo regionalizada – como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


Confira a evolução do piso salarial paranaense, ano a ano:

2006 R$ 427,00 a R$ 437,80
2007 R$ 462,00 a R$ 475,20
2008 R$ 527,00 a R$ 547,80
2009 R$ 605,52 a R$ 629,65
2010 R$ 663,00 a R$ 765,00
2011 R$ 708,14 a R$ 817,78
2012 R$ 783,20 a R$ 904,20
2013 R$ 882,59 a R$ 1.018,94
2014 R$ 948,20 a R$ 1.095,60
2015 R$1.032,02 a R$ 1.192,45
2016 R$ 1.148,40 a R$ 1.326,60
2017 R$ 1.223,20 a R$ 1.414,60
2018 R$ 1.247,40 a R$ 1.4410
2019 R$ 1.306,80 a R$ 1.509,20
2020 R$ 1.383,80 a R$ 1.599,40

Fonte: Bem Paraná

Seja o(a) primeiro a comentar!

Enviando Comentário Fechar :/

Está tocando agora Paradão 103

Com Tiago Almeida até às 18:59h